sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Propostas 2

Te proponho um beijar caudaloso,
desprendido e ácido
Sem amarras que vão além dos lábios

E os braços deslaçados como camas
feito um aberto exercício de mantra

Te proponho meus pés e os teus
Num miraculoso caminhar para a via
E nesse amor incomum, palavras-mudas
semeadas no jardim.

Quem sabe o que floresce das cartas
Neste jogo de pele?

Carne acima e abaixo
da umidade,
Me traz por completo


E eu três vezes me infinito.



M.C

Um comentário:

Mayra disse...

Infinitamente, incessantemente, escancaradamente...

Michel, sou tua fã! :)