terça-feira, 26 de agosto de 2008

Sorte de hoje: A felicidade está no horizonte da sua vida

Antes de lá
que estivesse aqui...
Horizonte inalcansável
uma mentira amiga

A felicidade é estar presente
feito gota de orvalho
quando beija a folha
quando cheira-flor

E que cansa de esperar
Pois "a vida é pra valer
a vida é pra levar"
êh pai vinícius
Velho Saravá

domingo, 24 de agosto de 2008

Aos mortos em Vida
não despenco lágrimas
sem abanar o pó
da lembrança
sem ritmo

Aos mortos em Vida
Não me dou lírio.
nem cicuta.
Já basta a vida Morta.

Sobre os mortos em Vida
Que me esquecem andando
e tropeçando na própria cova,
o que pensar?

Aos Vivos, caminhem comigo


....Michel Costa

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Último e verso

Antes do fim,
Vem o último verso
Um pouco de mim,
a frente do avesso.

Antes de mim,
O primeiro verso.
Cidadão talhado
Com o mínimo cuidado
por olhos e marés...

Rouge Carmim.
É o último verso
Do tempo tártaro.
Pele esquecida da vida
Que nem o livro roeu...

Antes? Qualquer coisa...

. . . Michel Costa

sábado, 9 de agosto de 2008



Tanto verso...
tanta coisa boa...
mas o melhor está além das letras
que é quando o coração se abre
pra elas saír
em

Quando a garganta seca
para elas passarem

E o mesmo coração se cala
para falar de amor



(Michel Costa)

Foto por Michel Téo Sin

terça-feira, 5 de agosto de 2008

sede tácita


Tato, tato, tá...tu...
É quando o peito em

silêncio

pede diálogos em
silêncio

Abrindo uma ponte entre
dois Mundos, o
mEu
e o de fOra
Bolas

Tece pontos de ar,
Linha cruz
e vela.
Fogo, ensejo de mar.
Uma presa calmaria
Outra
so

li dão

Quandos dedos (ainda) prenderei
Pra poder acordar?
...
Michel Costa

domingo, 3 de agosto de 2008

Casa nos sonhos

Um fogão
com entrada USB...
Cozinhava idéias?

Uma noiva sem rosto...
Quem será ela?

Centrífuga de sons
e retalhos lançados...

Que dirá a alma
quando abrir aos olhos?

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Caçado

É ter na mira o mote
à moita do sentido
Na espera silenciosa
Do primeiro bote

Ter o gosto acre
da presa vernácula
que nos salta das mãos

os olhos da pele
Em sentido São...


Michel Costa